(83) 999666522

NO AR

SHOW DA MANHÃ

Com CARLOS JUNIOR

Brasil

Alexandre de Moraes revoga decisão e libera Telegram no Brasil

De acordo com o magistrado, a empresa cumpriu todas as ordens judiciais que estavam pendentes dentro do prazo estipulado; no sábado, 19, aplicativo excluiu publicação de Bolsonaro que colocava em xeque segurança das urnas

Publicada em 21/03/22 às 14:56h - 77 visualizações

por P. O


Compartilhe
 

Link da Notícia:

.  (Foto: Rádio FM Tavares PB)

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), revogou, neste domingo, 20, a decisão que suspendeu o Telegram em todo o Brasil. De acordo com o magistrado, a empresa cumpriu todas as ordens judiciais que estavam pendentes dentro do prazo estipulado – na tarde do sábado, 19, Moraes deu um prazo de 24 horas, a partir das 16h44,  para que o aplicativo de mensagens cumprisse algumas medidas, como informar as providências adotadas para o combate da desinformação, a exclusão de uma publicação do canal oficial presidente Jair Bolsonaro que colocava em xeque a segurança das urnas eletrônicas, a indicação de um representante formal da plataforma no Brasil e o bloqueio do canal @claudiolessajornalista. “Considerado o atendimento integral das decisões proferidas em 17/3/2022 e 19/3/2022, revogo a decisão de completa e integral suspensão do funcionamento do Telegram no Brasil, proferida em 17/3/2022, devendo ser intimado, inclusive por meios digitais – , o Presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL), Wilson Diniz Wellisch, para que adote imediatamente todas as providências necessárias para a revogação da medida, comunicando-se essa Corte, no máximo em 24 (vinte e quatro) horas”, escreveu o ministro.

Na decisão que se tornou pública na sexta-feira, 18, Moraes havia acolhido um pedido da Polícia Federal (PF). À Corte, a corporação afirmou que o Telegram “é notoriamente conhecido por sua postura de não cooperar com autoridades judiciais e policiais de diversos países, inclusive colocando essa atitude não colaborativa como uma vantagem em relação a outros aplicativos de comunicação, o que o torna um terreno livre para proliferação de diversos conteúdos, inclusive com repercussão na área criminal”. A PF argumenta ainda que o aplicativo é usado reiteradamente para cometimento de crimes como abuso sexual e pornografia infantil. “Há grupos destinados especificamente para produtores desse tipo de material delitivo, ocasião em que crianças estão em situação atual de extrema violência”, ressalta.

Jovem




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Enquete
O retorno da propaganda partidária gratuita no rádio vai auxiliar a sua escolha nas eleições de 2022?

  Sim. É uma alternativa viável para saber quais serão as propostas dos candidatos
 Não. E a presença da propaganda vai impactar negativamente na audiência das rádios
 Não. Porém não acredito que a presença da propaganda irá impactar de forma negativa na audiência das







.

LIGUE E PARTICIPE

(83) 9966-6522

Visitas: 20740
Usuários Online: 39
Copyright (c) 2024 - Rádio FM Tavares PB
Converse conosco pelo Whatsapp!