(83) 999666522

NO AR

SHOW DA MANHÃ

Com CARLOS JUNIOR

Brasil

Em meio a tensão, manifestantes vão às ruas do DF no 7 de setembro

Manifestantes a favor do governo furaram bloqueio na Esplanada na noite de segunda apesar do esquema de segurança montado

Publicada em 07/09/21 às 13:44h - 112 visualizações

por R7


Compartilhe
 

Link da Notícia:

 (Foto: Rádio FM Tavares PB)

Em meio a um clima de tensão nas ruas e entre a classe política, manifestantes favoráveis e contrários ao governo Bolsonaro se mobilizam nesta terça (7) em Brasília, São Paulo e outras cidades do país. O 7 de Setembro será marcada pelos protestos que começaram, sobretudo na capital federal, a acontecer ainda na noite de segunda-feira (6).

Em Brasília, o esquema de segurança montado pelo Governo do Distrito Federal (GDF) foi furado pelos manifestantes pró-Bolsonaro ontem. O GDF previa revistar todos que fossem participar dos atos e fechou a Esplanada dos Ministérios para veículos no domingo. Com caminhões e ônibus, entretanto, bolsonaristas descumpriram o bloqueio montado pela Polícia Militar e, além de desfilarem com automóveis, montaram acampamentos no espaço. 

Ao todo, 5 mil agentes das forças de segurança do DF devem participar do policiamento nesta terça-feira. Os eventos serão monitorados também pelo Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob), que reúne órgãos e instituições do Executivo local. 

As manifestações a favor e contra do governo ocorrerão em espaços diferentes. A intenção é que os 13 grupos bolsonaristas cadastrados se reúnam apenas na Esplanada dos Ministérios, enquanto os protestos de oposição devem se concentrar na Torre de TV.

Convocação

O maior público é esperado na manifestação a favor do governo. O presidenter Jair Bolsonaro se pronunciou em diversas ocasiões reforçando o convite para que apoiadores participem do ato. O mandatário reiterou, em vários momentos, críticas a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e afirmou que os protestos serão uma resposta a eles. 

"Hoje, o Brasil tem um presidente da República que acredita em Deus, que respeita os seus militares, que defende a família tradicional e deve lealdade ao seu povo. No próximo dia 7, terça-feira, dia da Pátria, todos nós temos um encontro com nosso destino. Enquanto juristas procuram quem é o poder moderador no Brasil, eu digo a todos que o poder moderador é o povo brasileiro", afirmou no último sábado a apoiadores em Caruaru (PE)




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Enquete
O retorno da propaganda partidária gratuita no rádio vai auxiliar a sua escolha nas eleições de 2022?

  Sim. É uma alternativa viável para saber quais serão as propostas dos candidatos
 Não. E a presença da propaganda vai impactar negativamente na audiência das rádios
 Não. Porém não acredito que a presença da propaganda irá impactar de forma negativa na audiência das







.

LIGUE E PARTICIPE

(83) 9966-6522

Visitas: 20739
Usuários Online: 40
Copyright (c) 2024 - Rádio FM Tavares PB
Converse conosco pelo Whatsapp!